Google+ Badge

sábado, 5 de novembro de 2011

AMORA-SELVAGEM( RUBUS SELLOWI)

AMORA-SELVAGEM

ESSE ARBUSTO ESCANDENTE, E AINDA POUCO CONHECIDO, É NATIVO DO SUL DE MINAS GERAIS ATÉ O RIO GRANDE DO SUL. ATINGE 2M DE ALTURA RAPIDAMENTE E TEM RAMOS ESPINHENTOS E FOLHAS ÁSPERAS, COM MARGENS SERRILHADAS, QUE TORNAM A ESPÉCIE PERFEITA PARA FORMAR CERCAS VIVAS. MAS, TAMBÉM É POSSÍVEL EDUCÁ-LA COMO TREPADEIRA, PARA COBRIR TRELIÇAS, GRADES E ATÉ ALAMBRADOS. DO FIM DO INVERNO ATÉ O VERÃO, NAS PONTAS DOS RAMOS, SURGEM DELICADAS INLORESCÊNCIAS BRANCAS, E EM FORMA DE CACHOS. ELAS APARECEM EM GRANDE QUANTIDADE, MEDEM ATÉ 30 CM DE COMPRIMENTO E COSTUMAM ATRAIR ABELHAS PARA O JARDIM. EM SEGUIDA, VÊM FRUTOS GLOBOSOS E VERMELHOS QUE SE TORNAM NEGROS QUANDO MADUROS . ELES  APRESENTAM SABOR LEVEMENTE ÁCIDO, MAS AGRADÁVEL, E, ALÉM DE SEREM CONSUMIDOS AO NATURAL, COSTUMAM SEREM USADOS EM GELEIAS. A AMORA-SELVAGEM DEVE SER CULTIVADA EM REGIÕES SUBTROPICAIS, SOB O SOL PLENO E TOLERA QUASE TODOS OS TIPOS DE SOLO. SUA PROPAGAÇÃO É FEITA PELA DIVISÃO DA PLANTA. fonte: revista natureza- editora europa

Nenhum comentário:

Postar um comentário